top of page

A inversão de valores na sociedade no mundo contemporâneo 5 de abril, 2023 Redação Noticia Livre


Colunistas DestaquesAlderico Sena


CHEGAMOS AO EXTREMO “QUATRO CRIANÇAS SÃO MORTAS EM ATAQUE A CRECHE EM BLUMENAU S.C NO DIA 05/04/2023” G1


Considerando que toda a população vive intranquila, devido ao elevado grau de insegurança e violência no país.

Considerando que a desestruturação familiar educacional em casa e na escola, a despolitização do eleitor e o nível dos políticos escolhidos pelos eleitores contribuíram para o país não crescer.

Considerando a controvérsia da juventude dos anos 60/80 para a juventude do mundo contemporâneo. Governantes e políticos estão fazendo o que querem e a sociedade está assistindo de camarotes os desmandos praticados contra administração pública de forma omissa e sem exercer a cidadania e a soberania, visto que está escrita no Art. 1º Parágrafo único da Constituição Federal “Todo o poder emana do povo”.

A violência está generalizada contra a sociedade, vejamos: desigualdade social, fome, miséria, corrupção, impunidade, desemprego, IPVA, IPTU, inflação, custo de vida, carga tributária elevadíssima, Fotossensores para arrecadar MULTAS, Estradas péssimas para escoamento da produção, dentre outras penalidades e o cidadão sem o direito de ir e vir, vivendo com medo e sendo refém de assaltos com mortes no dia a dia sem qualquer iniciativa dos Três Poderes Constituídos para COIBIR A VIOLÊNCIA CONTRA O POVO.

Em tempo atrás o filho não poderia chegar em casa com um lápis e/ou borracha que não fosse seu…A sociedade está sendo cruel com ela mesma. Sinceramente estamos vivendo em um tempo em que tudo pode. No passado as palavras dos pais: “PRIMEIRO A OBRIGAÇÃO, DEPOIS A DEVOÇÃO. SERVIR E RESPEITAR O PRÓXIMO”.

Lembro-me muito de quando era criança, bastava um olhar dos pais ou professores para sentir que estava fazendo alguma coisa errada. Criança era criança, adolescente era adolescente, entendia o que era certo e errado.

O tempo passou e com ele chegou a era do tudo pode, o consumismo, desrespeito, agressões, agrado em troca de impor limites e responsabilidade. A inversão de valores acabou conquistando espaço nas famílias modernas e a cada dia só se vê desrespeito, violência em casais e maus exemplos para os filhos e novas gerações. Mas o que causou tamanha inversão de valores? Qual o motivo da virada comportamental em apenas três décadas? Tudo começa em casa. Família educa e escola ensina conhecimentos. A transferência de responsabilidade da educação dos filhos para a escola, é um erro gravíssimo.

Em outros tempos o Professor era lei máxima na escola. Hoje, por conta de várias leis e proibições desenvolvidas por políticos que desconhecem OS PILARES DA EDUCAÇÃO EM SALA DE AULA, se tornou inadequado chamar atenção de um aluno, pois pais vorazes por justiça atacam os profissionais que ajudam e ensinam seus filhos.

Educar não é espancar, é ensinar o que é certo e o que é prejudicial.

Conversar, dialogar é sempre a melhor opção, e certamente adotar a imposição de limites para os pequenos, vontade é prejudicial a eles mesmos. Valores morais são os conjuntos de regras, leis e costumes que devemos respeitar e seguir. Inversão de valores, juntamente com o conceito da moral e ética, fazem parte das ações que nós seres humanos cometemos, que definirão nossa reputação, a forma de como queremos ser respeitados, os nossos direitos, mas, acima de tudo, a nossa vida. QUEM QUER RESPEITO SE RESPEITA E RESPEITA O DIREITO DO PRÓXIMO!

Com a dimensão da inversão de valores e da violência do ser humano contra o ser humano, se faz necessário rever a educação que está sendo dada aos filhos, considerando que tudo se inicia com os bons exemplos e ensinamentos em casa. O adolescente necessita de limite, disciplina e responsabilidade para ter dignidade e amanhã ser um cidadão exemplar para os seus filhos.

Na qualidade de pai e avô de quatro netos, repasso alguns Pilares básicos para a mudança de atitudes, segurança e a felicidade dos filhos, principalmente no que concerne aos estudos e a autoestima da turminha, é muito importante: Afeto, exemplo, atenção e participação dos momentos prós e contra para uma conversa de conversar, buscando ser um amigo, irmão camarada. Filhos, são os verdadeiros patrimônios dos pais e a herança que pais devem deixar para os filhos é EDUCAÇÃO para eles VOAREM.

Uma proposta ao Presidente LULA, Ministro da Educação, Senadores, Deputados Federais e Estaduais, Governadores, Prefeitos e Vereadores, aprovem a implantação a partir do primeiro e segundo graus, matérias educação, Moral e Cívica e Educação associativa, visando a dotar os alunos e futuros profissionais de conhecimentos sobre cooperativismo como PILARES para transformação comportamental das novas gerações, bem como instalação de detectores de metais com segurança nas unidades de ensino por policiais da reserva, Psicólogos, Assistentes Sociais e abertura das escolas públicas nos finais de semana para que alunos exerçam o espaço para praticarem ARTE, CULTURA E ESPORTE, consequentemente proporcionará também maior interação entre juventude e a comunidade. ESSA ESTRATÉGIA PODERIA CONTRIBUIR COMO EXPERIÊNCIA PARA REDUZIR VIOLÊNCIA. OS JOVENS PRECISAM POLÍTICAS PÚBLICAS PARA DESENVOLVEREM SUAS HABILIDADES E TALENTOS “CABEÇA VAZIA PEDE FOLIA”. QUERER É PODER!

Sinto saudades de quando a escola e o lar eram parceiros na difícil tarefa de educar, quando pais e mestres tinham como único objetivo formar cidadãos de bem, de quando os filhos sabiam respeitar a seus pais e aos seus professores, de quando o aluno levava uma suculenta e inocente maçã para a sala de aula ao invés de uma arma para tirar a vida do colega e Professor.

A inversão de valores, vai além do ambiente familiar e além da escola, porque já está impregnada na sociedade e o pior é que os indivíduos que perderam os valores familiares, que desconhecem os princípios, a ética, a moral e a noção do que é ser um ser humano toma realmente o errado como certo.

Quando no final de um jogo, em que obrigatoriamente só há um time vencedor, esta é uma regra clara, por isto chama-se jogo, mas mesmo assim as torcidas matam umas às outras, transformam as proximidades do estádio em um campo de guerra e saem achando que fizeram bonito, certo, quando na verdade desconhecem o significado da palavra esporte, desconhecem que torcer por um time é aceitar suas vitórias e suas derrotas com dignidade, em paz e respeitando o adversário que perdeu ou ganhou, isto é amar um time, isto é ser torcedor, todo aquele que sai brigando, com vandalismo, matando, não é um torcedor, mas um tumultuador e criminoso, um agressor que pensa que seu time só presta se ganhar e não se competir com grandeza e dignidade.

Todos perdem com essa inversão de valores da sociedade, inclusive familiares dos malfeitores? Uma pergunta: quanto tempo mais será necessário para a recuperação de princípios e valores, éticos e morais?

Precisamos aprender a amar a família, as crianças, aos filhos, aos pais, os animais, a natureza, colegas de trabalho, enfim se faz necessário procurar SER E NÃO TER; precisamos também agradecer aqueles que nos transmitem conhecimentos, a respeitar ao próximo e ao adversário, valorizar tudo aquilo que nos serve e sermos melhores como pessoas para a PAZ E A FELICIDADE DE TODOS CIDADÃOS, SOB A PROTEÇÃO DE DEUS! Neste epílogo, faço um apelo aos eleitores, por sua importância básica, porque é na área do governo que se decidem os destinos do país e as condições de vida da população, por esta razão o eleitor DEVE SABER USAR nas eleições de 2024 para escolha dos futuros Vereadores e Prefeitos nos 5.570 municípios, visto que as riquezas naturais e geográficas do País estão nos municípios brasileiros E A ARMA QUE O BRASILEIRO TEM PARA APLICAR A CPI DO ELEITOR PARA AJUDAR O BRASIL A CRESCER E REDUZIR AS DESIGUALDADES SOCIAIS, FOME, MISÉRIA, VIOLÊNCIA E O PAÍS CRESCER É O TÍTULO ELEITORAL.

MUDAR DÓI. CONTINUAR COMO ESTÁ: DOÍ. ESCOLHA UMA DAS DORES E PARE DE RECLAMAR. SEJA A MUDANÇA NAS ELEIÇÕES! Anísio Teixeira escreveu: “Só existirá democracia no Brasil no dia em que se montar no país a máquina que prepara as democracias. Essa máquina é a da escola pública”.

Alderico Sena – Especialista em Gestão de Pessoas; Ex-Assessor do IAT Instituto Anísio Teixeira; AVATAR Master Certified by the Star’s Edge International Florida 32714 – EUA e Coordenador de Pessoal da Assembleia Estadual Constituinte de 1989 Site: www.aldericosena.com


Commentaires


bottom of page