Quem não deve não Temer

13 Apr 2017

Quem não deve não Temer

 

O porquê da crise moral e política no Brasil. Quem não deve não Temer! “O empresário Marcelo Odebrecht, ex-presidente e herdeiro do grupo que leva seu sobrenome, disse em depoimento ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), no inicio de março, que o financiamento ilegal de campanha é tão comum no país que inclui todos os candidatos eleitos”. Publicado no Jornal A TARDE, edição Terça-Feira 28/3/2017. Está claro que candidatos com princípios e valores éticos não são eleitos no Brasil, considerando que a cultura do eleitor brasileiro é votar no TER e não no SER caráter de candidatos honestos. Sinto-me a vontade e com a minha consciência tranqüila porque fui candidato por três vezes e jamais aceitei qualquer tipo de financiamento de pessoa física e/ ou jurídica. Fui candidato a Vereador em 1988 com o slogan: Vote no Ser e não no Ter, em 1990 a Deputado Estadual, slogan: É hora de ação e não de omissão e no ano de 2016 fui candidato a Vereador com o slogan: Seja a mudança, após ter deixado de disputar eleição há 27 anos.  Tive um fraternal relacionamento com Dr. Norberto Odebrecht, por ter iniciado a minha vida profissional como Continuo na Organização Odebrecht, BR 324 km 0, mas, jamais, busquei qualquer apoio financeiro da empresa ou do empresário como pessoa física. A crise moral e política que o país atravessa já vêm de longos anos e o eleitor é co-responsável, considerando que o representante político da sociedade, Cidade, Estado e País, a escolha é do eleitor. ALDERICO SENA, ALDERICOSENA@GMAIL.COM

 

Please reload

Alderico Sena

Bahia Noticias - Publicado

Segunda , 18 de Abril de 2016 - 08:08


comentou em: Câmara aprova envio de processo de impeachment de Dilma ao Senado

 

Como cidadão brasileiro, cumpridor dos meus deveres cívicos para com o meu país, fosse bem representado por um Congresso Nacional composto de uma maioria de deputados federais livre e de bons costumes, concordaria com a votação da aprovação do afastamento da Presidente. Infelizmente política virou balcão de negócios. Os interesses pessoais e de grupos estão prevalecendo, em detrimento aos interesses coletivos e do Brasil. Precisamos pensar no destino do Brasil e das futuras gerações. Esperamos que o Senadores façam prevalecer a ética, isenção e a imparcialidade para a ORDEM E PROGRESSO DO BRASIL. De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto. Rui Barbosa
Eleitor em outubro teremos eleição para vereador e Prefeito vamos avaliar o caráter e as referências dos candidatos para melhorar o perfil dos representantes da sociedade. É hora de ação e não de omissão! 

Arquivos Recentes
Please reload

Arquivos
Please reload

Siga minha Página abaixo: