GASTOS DE CAMPANHA

Gastos de campanha – publicado Jornal A TARDE, edição 30/07/2016

Com base nas novas regras para gastos de campanha estabelecida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para candidatos a Prefeito e a Vereador, o candidato a Prefeito poderá gastar até 14,6 milhões no 1º turno e 4,4 milhões no 2º turno, enquanto os candidatos a vereador poderão investir até R$ 396.7 mil. Na qualidade de presidente do Movimento do aposentado na Bahia, discordo desse critério estabelecido pelo TSE, considerando as desigualdades sociais: os que possuem menos poder aquisitivo, como a mulher, o jovem, o negro, o aposentado, dentre outros segmentos da sociedade organizada, são impedidos de disputar uma eleição em igualdades de condições para ajudar a cidade, em relação aos que têm muitos recursos. Como poderemos evitar a corrupção no meio político com esse tipo de medida? São muitos com poucos recursos e poucos com muitos recursos. Essa é a raiz de todos os males, da crise moral e política e da escassez de líderes no Brasil. O Art. 5º da Constituição da Republica Federativa do Brasil, não prevalece? ALDERICO SENA, ALDERICSENA@HOTMAIL.COM

Arquivos Recentes