Poder do aposentado

Publicado no Jornal A TARDE, edição

06/04/2016 – Coluna Opinião – Espaço do Leitor

OTF

O poder de mobilização e a liderança do aposentado na família poderão dar

credibilidade ao sistema eleitoral com o objetivo de construir um Brasil melhor. No

entanto o aposentado precisa reunir e conscientizar a família quanto à importância

do voto e da política na escolha de candidato digno de confiança, após consulta de

regularidade no site do TRE E TCM, considerando que nem todos os políticos são

iguais. O aposentado precisa também de representação política com voz e voto nas

casas legislativas nos 5.570 municípios brasileiros que represente a categoria,

lançando candidatos a vereador e a prefeito nas regiões. Como ilustração em termos

de aposentados: Salvador possui: 1,8 milhão, Bahia 3 milhões; e Brasil, 31 milhões de

aposentados, multiplicados por 4 votos na família, elegeremos uma maioria

significativa de candidatos a senadores, governadores, deputados federais,

estaduais, vereadores e Prefeitos. É hora de ação e não de omissão.

Querer é poder!

ALDERICO SENA, ALDERICOSENA@HOTMAIL.COM

Arquivos Recentes