PODER E CAPITAL, Publicado A TARDE

Poder e capital, publicado A TARDE, QUARTA FEIRA 21/09/2017

Quando o homem entender que poder e capital geram corrupção, violência e outras conseqüências graves à Nação, talvez possa entender o que Rui Barbosa escreveu e quis dizer à sociedade, desde aquela época. “De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto”. A crise de valores éticos, morais e políticos que assola o país são muito importante para que os eleitores reflitam melhor, já na próxima eleição, considerando que o representante da sociedade, a opção é do eleitor. Repensar a forma comportamental de conceder o voto é preciso, visto que o eleitor também é co-responsável pela crise política que o país atravessa. Eleitor que quer transformar o perfil dos políticos, seja a mudança, não vote nulo e nem em branco. Busque na internet a história política e profissional dos candidatos antes de conceder o seu voto. Renovar é preciso, CPI do eleitor é o voto consciente. Mudar o modelo político praticado no País também é preciso, para reduzir as desigualdades sociais, o enriquecimento de poucos em detrimento de muitos e o crescimento do País com geração de empregos, trabalho e renda para o povo. São muitos com poucos e poucos com muitos recursos, “51 milhões Geddel”. Quando o eleitor não participa do processo político, acreditando que pode cuidar exclusivamente de seus interesses particulares e que nada tem a ver com isso, esta passando um cheque em branco aos políticos malfeitores e sendo omisso no exercício de cidadania, esquecendo que o inicio de política começa em casa e na escola. Quem não gosta de política, é governado por quem gosta. ALDERICO SENA, ALDERICOSENA@GMAIL.COM

Arquivos Recentes