top of page

CPI DO ELEITOR E ÉTICA SERÃO NECESSÁRIOS PARA RECONSTRUIR O BRASIL - 27 de maio, 2023 Noticia Livre


A única CPI autêntica e verdadeira é a do eleitorado no dia de cada eleição. O mais importante do que reclamar da ineficácia dos governos é ir para uma URNA escolher bem os governantes e políticos. A sociedade não é vítima, é culpada. Mudar: Dói, continuar como está: Dói. Escolha uma das dores e pare de reclamar, exercendo a cidadania na defesa das causas nacionais, visando o bem comum.


Bertolt Brecht escreveu: “O pior analfabeto, é o analfabeto político. Ele não ouve, não fala, não participa dos acontecimentos políticos. Ele não sabe que o custo de vida, o preço do feijão, do peixe, da farinha, do aluguel, do sapato, e do remédio, depende das decisões política. O analfabeto político é tão burro que se orgulha e estufa o peito dizendo que odeia política. Não sabe o imbecil, que da sua ignorância nasce à prostituta, o menor abandonado, assaltante e o pior de todos os bandidos que é o político vigarista, pilantra, o corrupto e o espoliador, das empresas nacionais e multinacionais”.


O Brasil é composto de 5.570 municípios, onde concentram as riquezas naturais do país e são geridos por Prefeitos e Vereadores. No ano de 2024 teremos nova eleição para o eleitor escolher nas urnas se quer manter os que estão ou querem substituir os Prefeitos/Vereadores/Partidos e grupos políticos que financiam campanhas.


O Brasil necessita de novos rumos para a moralização da administração pública. Alternância de poder e renovação é de fundamental importância para coibir vícios, atuação de corruptores e corruptos nas instituições públicas. A única ARMA do cidadão é o Título Eleitoral, votando consciente e não em branco e nem nulo para não eleger e reeleger políticos inescrupulosos que usam “ELEITORES SERVIDÕES” que manipulam cidadãos desinformados para se manter no poder, razão de todos os males e do retrocesso socioeconômico.


Será que o eleitorado ainda não avaliou, por que os Municípios não desenvolvem? por que a violência nas ruas? Por que o aumento de jovem na marginalidade? Porque a educação está deseducada? Por que a segurança está insegura? Por que o desemprego? Por que o caos dos hospitais com a saúde doente? Por que os salários achatados? Por que a fome e miséria? Por que a criança na rua? Por que o aposentado desrespeitado? Por que trabalhador desesperado, sem futuro, com medo? Porque seu voto não é consciente. Porque você é considerado um voto de cabresto em pleno século XXI. Porque você é comprado e manipulado com promessas vãs. Porque eles acham que você não tem memória para lembrar que a saúde, educação e segurança são promessas antigas dos manipuladores da Bahia e do Brasil. Porque você eleitor é CARTA MARCADA do “BARALHO DO PODER”. ELEITOR QUEM QUER RESPEITO SE RESPEITA! SEJA A MUDANÇA!

A República Federativa do Brasil constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos: a soberania, a cidadania, a dignidade da pessoa humana; os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa e o pluralismo político. Só poderemos ser uma sociedade livre, justa e solidária e garantir o desenvolvimento nacional, se cada eleitor exercer a cidadania, visando o crescimento e o desenvolvimento dos municípios, estados e País para a geração de emprego, melhor distribuição de renda e a redução das desigualdades sociais, só assim poderemos garantir direitos sociais da sociedade em retorno aos impostos como educação, saúde, alimentação, trabalho, moradia, transporte, lazer, segurança, saneamento básico e tantos outros serviços amparados na Constituição. Cada cidadão tem o direito de viver, de ser livre, de ser respeitado, não sofrer preconceito por causa do seu sexo, de sua cor, da sua origem, ou por qualquer outra causa. Esses direitos são invioláveis e não podem ser tirados de ninguém. É importante lembrar que o cidadão tem direito e também deveres na defesa da coisa pública, visando o bem comum e um Brasil melhor para todos.


A sociedade precisa saber que tudo que é ilegal, também é imoral. Tem pessoa que tem caráter, outros só preço e caráter não têm preço! Ética nas instituições públicas é preciso para uma melhor qualidade na prestação de serviço à sociedade e moralização da coisa pública, conforme estabelece o artigo 37º da C.F para resgatar a credibilidade dos Três Poderes Constituídos.


Mas o que é ser ético? Ser ético numa definição bem simplista significa agir corretamente sem prejudicar os outros. É agir de acordo com valores morais resultantes da própria cultura de um povo, podendo variar no tempo e no espaço.

A ética também é individual, sendo sempre embasados num conjunto de valores fundamentais, muitos deles nascidos na antiguidade, mas ainda válidos até os dias atuais. Eis algumas destas principais virtudes: Ser honesto em qualquer situação, afinal credibilidade se constrói a partir de uma relação franca; ter coragem para assumir decisões e atos; ser tolerante e flexível, significando que se faz necessário ouvir as pessoas e avaliar as situações antes de emitir juízos de valor; ser integro; ser humilde, reconhecendo que o sucesso não é um produto individual, mas sim o resultado do trabalho em equipe. O cidadão para ser leal com o próximo, é preciso que seja leal consigo próprio, só assim poderemos construir uma sociedade educada, fraterna e solidária. Tudo é uma questão de serenidade, disciplina, equilíbrio, limite, educação, consciência profissional e política. Povo educado, país desenvolvido.

Eleitorado, os jovens de hoje estão sem rumo e sem perspectivas e qual o Brasil que queremos para as futuras gerações? Lembrando que os destinos do país e as condições de vida da população dependem da consciência do eleitorado e de decisões políticas dos seus representantes.


O PAÍS PRECISA DE NOVOS RUMOS. É hora de ação e não de omissão, considerando que quem cria e descria qualquer coisa é O SER HUMANO. QUERER É PODER!

Um Poeta anônimo soube bem como exprimir o verdadeiro conceito de ÉTICA:

“Vigie seus pensamentos, porque eles se tornarão palavras; vigie suas palavras, porque elas se tornarão seus atos; vigie seus hábitos, porque eles se tornarão seu caráter; vigie seu caráter, porque eles serão o seu destino”.


Precisamos pensar em um Brasil melhor para todos, juntos seremos mais fortes!


Alderico Sena – Especialista em Gestão de Pessoas, Coordenador de Pessoal da Assembleia Estadual Constituinte de 1989 e Ex – Vice Presidente da Executiva Municipal de Salvador do PDT – site: www.aldericosena.com

Comentários


bottom of page