Causas das enchentes e suas consequências humanitárias - Noticia Livre


Colunistas DestaquesAlderico Sena - 06 de abril de 2022

6 de abril, 202 - Noticia Livre2 Redação

A natureza é sábia. Sabia, abundante e paciente. Mas paciência tem limite, e o homem está sem limite em tudo. Às vezes, nesse confronto, o homem destrói a natureza e extrapola seus poderes e ela se cala. Noutras, se volta, numa autodefesa, e remonta seu império sobre a obra humana, tornando a ocupar seu espaço e sua importância. É o que aconteceu em Angra dos Reis, Petrópolis, Cidades da Bahia, e em Minas Gerais, dentre outras regiões. A natureza apenas está querendo de volta a preservação do Meio Ambiente que o homem está lhe retirando. Aos longos dos anos nos deparamos com diversas notícias sobre enchentes e suas consequências no dia a dia da população.


Embora as enchentes sejam consideradas fenômenos naturais existem interferências humanas que acabam aumentando as chances para que ocorram cheias, entre as principais causas destacam-se


Agressões à natureza: A interferência do homem por meio de ações como desmatamento, eliminação de vegetação e urbanização, são algumas das atividades que podem aumentar as chances de enchente.


Habitação Imprópria: Muitas regiões são habitadas sem planejamento e licitações e quando ocorre em áreas com rios aumenta o risco e o mais agravante a falta de fiscalização dos órgãos públicos.


Falta de consciência ambiental: A população ainda descarta lixo em locais errados, que acabam sendo arrastados pelas chuvas e governantes são omissos por não fazer cumprir e regularizar a coleta de lixo em muitos municípios, o que agrava o problema.


Perde-se muito com enchentes que invadem a área urbana, uma vez que pessoas, empresas, animais e a própria natureza, sofrem com resultados que alteram não só a economia do país, mas também a saúde pública. Entre as principais consequências das enchentes destacam-se:

Ameaça à saúde pública: A água proveniente de enchentes é contaminada e o contato com ela pode transmitir doenças diversas. Muitos casos de mortes por afogamento também são registrados.


Contaminação: Com a invasão da água da enchente nas casas, os alimentos que entram em contato com a água contaminada ficam inadequados para o consumo.

Prejuízos Financeiros: Muitas casas são derrubadas ou interditadas, perdem-se móveis, objetos e a atividade econômica é prejudicada.


É inegável que podemos ajudar no combate às enchentes com POLITICAS PUBLICAS, EDUCAÇÃO e CONSCIÊNCIA DO POVO. Jogar o lixo nos locais corretos, reciclar, respeitar os limites da natureza, verificar as licenças de sua moradia, cobrar as autoridades quanto às obrigações que cabem a elas e porque não compartilhar estes conselhos com todos para melhorar as condições de vida da população.


O momento é de reflexão e educação. Lei que resolve muitos problemas – LEITURA! LEI DA VIDA – A LEI DOS CRIMES AMBIENTAIS Nº 9.605/98, leiam e preservem a natureza, ela é sabia e abundante!


Alderico Sena – Especialista em Gestão de Pessoas e Ex- Membro da Câmara Técnica do IBAMA- Instituída pela Portaria Nº 1.483/02 – www.aldericosena.com