Cadê os Movimentos Sociais - Publicação Jornal A Tarde 21/09/2021

Os movimentos sociais são característicos de uma sociedade plural, que se constrói em torno do embate político por interesses coletivos e do país .... Os grupos que produzem ação em busca de representação política de seus anseios atuam de modo a produzir pressão direta ou indireta no corpo político de um Estado. Os movimentos sociais surgiram a partir das contradições da sociedade capitalista.


Movimento social é um “conceito” que designa a ação coletiva de um grupo organizado que objetiva alcançar mudanças sociais e econômicos por meio de embate político. Nos dias atuais o mundo vem vendo uma onda crescente de movimentos sociais nos mais diversos países que buscam melhores perspectivas de vida entre essas reivindicações uma melhor assistência do estado como saúde, educação, trabalho, melhor distribuição de renda, redução das desigualdades sociais e buscando também que a política seja de fato democrática, e mais ética.


O Feminismo é um discurso intelectual, filosófico e político que tem como meta os direitos iguais e a proteção legal às mulheres. Uma das mulheres que lutaram pela causa feminista foi Drª Ana Montenegro, primeira mulher exilada em 1964 e que cooperou com a construção da Lei nº. 11.340 Maria da Penha, falecida em 30 de março de 2006 com 91 anos em Salvador.


O movimento sindical também faz parte de grande parte da história do país e esteve presente em diversos momentos desde do momento em que surge a ditadura militar no Brasil até o seu fim em 1985 com o Movimento pelas Diretas Já, onde surgi várias lideranças políticas. O movimento estudantil era um movimento social da área da educação, muito forte que perdeu a sua identidade como também o sindicalismo.

O capitalismo trouxe vários benefícios e avanços tecnológicos, mas trouxe consigo muitas consequências para o meio ambiente e a decepção do envolvimento de forma direta na corrupção no campo político, causador de sérias consequenciais para a sociedade e o País.


Movimentos Sociais tanto da classe trabalhadora como também patronal perderam o seu poder de força e autonomia política, devido à escassez de lideranças e a politicagem exercida nas instituições.

Movimentos Sociais precisam ser revitalizados, principalmente, Grêmios e Diretórios nos estabelecimentos de ensino para a descoberta de novas lideranças e assim defender a educação pública de qualidade e o crescimento do país de forma democrática e civilizada, visando a geração de empregos, melhor distribuição de renda e a redução das desigualdades sociais.


Cadê os Movimentos dos Caras Pintadas, Passe Livre, Mulher, Negro, Índio, Meio Ambiente, Aposentado, dentre outros para exigirem dos políticos a MORALIDADE da coisa pública?


Alderico Sena – Especialista em Gestão de Pessoas e Coordenador de Pessoal da Assembleia Estadual Constituinte de 1989 – aldericosena@gmail.com

Arquivos Recentes