top of page

A descaracterização do PDT criado por Leonel Brizola, Darcy Ribeiro e outros - Noticia Livre

COLUNISTASDESTAQUES  - Alderico Sena


 Alderico Sena, Ex- Vice Presidente da Executiva Municipal do PDT Partido Democrático Trabalhista de Salvador, Ex- Presidente e Vice Presidente Nacional do MAPI – Movimento dos Aposentados, disse que com a descaracterização do Partido, defendidas pelos eternos líderes Leonel Brizola, Darcy Ribeiro, Abdias do Nascimento e outros não existe mais.

 

O Partido não tem mais a essência dos Movimentos Sociais e da Militância partidária como no passado, presente, atuante e defensora dos 7 compromissos do Programa, inclusive na participação maciça da militância nas festas cívicas da Lavagem do Bonfim, 2 de julho, 7 de setembro, dentre outras.

 

A sociedade desconhece os 7 (sete) compromissos do PDT – Partido Democrático Trabalhista, quando da criação pelos Mestres políticos fundadores.

 

Partidos e líderes políticos já existiram, hoje a sociedade sente a falta de lideranças.

 

Analisem essas observações: “Educação é o único caminho para emancipar o homem. Desenvolvimento sem educação é criação de riquezas apenas para alguns privilegiados” Leonel Brizola. “A crise da educação no Brasil não é uma crise; é um projeto”. Darcy Ribeiro

 

De acordo com os princípios estabelecidos em seu manifesto de lançamento, o Partido Democrático Trabalhista propôs a lutar pela realização do Programa que segue:

 

O primeiro compromisso é com as crianças e jovens do nosso país. Assistir desde o ventre materno, alimentar, escolarizar, acolher e educar todas as crianças no nosso país, com igualdade de oportunidade para todos, é a prioridade máxima do trabalhismo Democrático. Salvar nossas crianças e adolescentes é uma causa de salvação nacional. Como medida de emergência assegurará, gratuitamente, a todas as crianças, até dois anos de idade, um litro de leite diário.

O segundo é com os interesses dos trabalhadores, especialmente das grandes maiorias populares que, em todas as regiões brasileiras, vivem em diversos níveis de pobreza, de marginalidade, ocupando áreas improdutivas ou sendo cruelmente explorados em benefício de setores privilegiados. O caráter eminentemente popular do Democrático Trabalhismo se define, a partir de suas raízes e de uma atitude de inconformidade ante a miséria, a fome e o marginalismo de dezenas de milhões de brasileiros. Aqui, como em nenhuma outra causa, marcaremos nossa opção e autenticidade.

O terceiro é com a mulher, contra a sua discriminação propugnando por sua efetiva participação em todas as áreas de decisão, pela definição de seus direitos sociais, no emprego ou no lar, pela igualdade de remuneração e de oportunidade, de educação e formação profissional, acentuando a necessidade de que o país disponha, cada vez mais amplamente, de serviços de infraestrutura que venham aliviar a mulher, submetida, em uma alta percentagem, a duas jornadas de trabalho, a do lar e a do emprego.

O quarto compromisso programático é com a causa das populações negras como parte fundamental da luta pela democracia, pela justiça social e pela verdadeira unidade nacional. Esse compromisso nós concretizaremos no combate à discriminação social em todos os campos,

Em especial no da educação e da cultura e nas relações sociais e de trabalho. A democracia e a justiça só se realizarão plenamente, quando forem erradicados de nossa sociedade todos os preconceitos raciais e forem abertas amplas oportunidades de acesso a todos, independentemente de cor e da situação de pobreza.

O quinto compromisso é a defesa das populações indígenas contra o processo de extermínio físico, social e cultural a que tem sido submetida ao longo de nossa história. O Trabalhismo Democrático assume, como um dos seus compromissos políticos fundamentais, poder lutar na defesa das populações indígenas, por direitos à autodeterminação como minoria nacional e à preservação de suas culturas, assim como ao uso dos recursos naturais necessários à sua sobrevivência e desenvolvimento.

O sexto compromisso programático é com a defesa da natureza brasileira, contra a poluição e a deterioração do meio ambiente resultante de uma exploração predatória, que ameaça destruir a base biológica de nossa existência, degradando cada vez mais a qualidade de vida do povo brasileiro. Depois de empobrecer radicalmente e destruir a fauna e a flora de todas as regiões brasileiras de antiga ocupação, agora ameaçam liquidar com a Amazônia, que é a nossa última reserva da natureza original. O trabalhismo Democrático propugna por um movimento e uma legislação que defendam o ambiente natural do país e coíbam as diversas formas de poluição e pela implementação de um amplo programa nacional de descontaminação.

O sétimo compromisso “é a recuperação para o povo brasileiro de todas as concessões feitas a grupos e interesses estrangeiros, lesivas ao nosso patrimônio, à economia nacional e atentatória a nossa própria soberania”.

 

Alderico Sena – site: www.aldericosena.com

 

 

Comments


bottom of page