Descrédito no poder

24 Mar 2017

 Publicado no Jornal A TARDE, 

 

A postura antiética e o desserviço prestado por algumas autoridades públicas levaram ao descrédito as decisões dos Três Poderes Constituídos. Pelo conceito de moral que nossos pais e escola nos transmitiram honestamente, fica confuso para o cidadão comum entender determinadas decisões dos representantes do povo, ações está discutível dentro da nossa concepção do que é certo e do que é errado.  A ética, portanto, é o estudo dos valores que regem a conduta humana subjetiva e social. É o parâmetro que temos para julgar as ações que beneficiam ou prejudicam a vida humana neste mundo e nesta sociedade. Infelizmente em nosso país, em se tratando de ética na política e no campo profissional, quase todas as coisas contrariam as normas morais e princípios éticos. Considerando a falência dos Três Poderes Constituídos, a sociedade precisa focar e exigir a reforma moral e política com financiamento público de campanha. Ou quer continuar alimentando a corrupção com o financiamento privado, como insiste o PMDB, dentre outros partidos? Querer é poder! Na conjuntura atual dos Poderes, defendo que, quem tem que definir as regras do jogo para os novos rumos do Brasil, não é Partido Político, não é governo, é a sociedade organizada com propostas concretas para os novos rumos do Brasil. Eleitor o momento é de reflexão e ação. Seja a mudança votando consciente no Dia da eleição em 07 de outubro. ALDERICO SENA, ALDERICOSENA@GMAIL.COM

Please reload

Alderico Sena

Bahia Noticias - Publicado

Segunda , 18 de Abril de 2016 - 08:08


comentou em: Câmara aprova envio de processo de impeachment de Dilma ao Senado

 

Como cidadão brasileiro, cumpridor dos meus deveres cívicos para com o meu país, fosse bem representado por um Congresso Nacional composto de uma maioria de deputados federais livre e de bons costumes, concordaria com a votação da aprovação do afastamento da Presidente. Infelizmente política virou balcão de negócios. Os interesses pessoais e de grupos estão prevalecendo, em detrimento aos interesses coletivos e do Brasil. Precisamos pensar no destino do Brasil e das futuras gerações. Esperamos que o Senadores façam prevalecer a ética, isenção e a imparcialidade para a ORDEM E PROGRESSO DO BRASIL. De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto. Rui Barbosa
Eleitor em outubro teremos eleição para vereador e Prefeito vamos avaliar o caráter e as referências dos candidatos para melhorar o perfil dos representantes da sociedade. É hora de ação e não de omissão! 

Arquivos Recentes
Please reload

Arquivos
Please reload

Siga minha Página abaixo: