Os idosos na defesa do Brasil - A TARDE

23 Feb 2018

 

 

Os idosos estão sendo convocados para defenderem o Brasil. Afinal uma sociedade é composta de filhos, netos e de gerações que virão. Conscientizar a família quanto ao processo político que ocorrerá no dia 07 de outubro, é de fundamental importância para a mudança da qualidade dos futuros parlamentares e gestores que conduzirão os destinos da Nação. Nem todos os políticos são iguais. A sociedade precisa de homens de bons costumes para gerir os objetivos dos três poderes da República Federativa do Brasil, obedecendo aos princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência. O futuro Presidente da República, Senado e Câmara Federal precisam desenvolver políticas púbicas que visem reconhecer direitos e a DIGNIDADE dos idosos, conforme estabelece o Artigo 230 da Constituição, Leis 8.842/94 e 10.741/2003 “A família, a sociedade e o Estado têm o dever de amparar as pessoas idosas, assegurando sua participação na comunidade, defendendo sua dignidade e bem-estar e garantindo-lhes o direito à vida”. Propomos os Projetos:  Criação da Secretaria Nacional de Proteção e amparo à Pessoa idosa; Hospital específico para o Idoso nos 26 Estados da Federação e Distrito Federal, acoplado de Farmácia com distribuição de medicamentos gratuitos; Devolução das contribuições previdenciárias recolhidas pelo aposentado em atividade profissional, quando deixar em definitivo o mercado de trabalho; Isentar desconto de Imposto de Renda sob o benefício do aposentado, por ser uma bitributação, tendo em vista que benefício não é remuneração; Proibir publicidade na mídia de Instituição Financeira que visa estimular pessoa idosa, solicitar empréstimos, o que tem provocado sérias violências ao idoso no  Brasil. Senhores governantes e parlamentares envelhecer é um triunfo, mas para gozar da velhice é preciso dispor de políticas publicas adequada que possam garantir um mínimo de condições de qualidade de vida com dignidade aos cidadãos que contribuíram para o desenvolvimento do Brasil. ALDERICO SENA, ALDERICOSENA@HOTMAIL.COM

 

Please reload

Alderico Sena

Bahia Noticias - Publicado

Segunda , 18 de Abril de 2016 - 08:08


comentou em: Câmara aprova envio de processo de impeachment de Dilma ao Senado

 

Como cidadão brasileiro, cumpridor dos meus deveres cívicos para com o meu país, fosse bem representado por um Congresso Nacional composto de uma maioria de deputados federais livre e de bons costumes, concordaria com a votação da aprovação do afastamento da Presidente. Infelizmente política virou balcão de negócios. Os interesses pessoais e de grupos estão prevalecendo, em detrimento aos interesses coletivos e do Brasil. Precisamos pensar no destino do Brasil e das futuras gerações. Esperamos que o Senadores façam prevalecer a ética, isenção e a imparcialidade para a ORDEM E PROGRESSO DO BRASIL. De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto. Rui Barbosa
Eleitor em outubro teremos eleição para vereador e Prefeito vamos avaliar o caráter e as referências dos candidatos para melhorar o perfil dos representantes da sociedade. É hora de ação e não de omissão! 

Arquivos Recentes
Please reload

Arquivos
Please reload

Siga minha Página abaixo: