Mulher é heroína publicado no Jornal A TARDE Salvador Quarta-Feira 05/04/2017

Todo ser humano é fruto do seio de uma mulher. Mulher é uma heroína, cuida de casa, filho, marido, pais e do trabalho profissional, quer dizer são três turnos em ação na defesa do bem-estar social, educacional, cultural e econômico da família. É inadmissível a violência contra a mulher constante na proposta de reforma da Previdência Social em mais cinco anos de tempo de contribuição e a idade de (65) anos para concessão do benefício de aposentadoria à mulher pelo INSS. Considerando também o número cada vez mais crescente de mulheres violentadas, defendo uma Lei mais rigorosa para tornar a violência contra a mulher crime inafiançável e imprescritível. A sociedade identifica a gravidade da violência contra a mulher apenas quando é divulgado na mídia e às vezes a comunidade tem até conhecimento mais não denuncia os autores com medo de represálias. A cidadania precisa saber que a responsabilidade para combater a violência é de todos. É hora de ação e não de omissão! ALDERICO SENA, ALDERICOSENA@GMAIL.COM

Arquivos Recentes