Ambição, poder e dinheiro

30 Jun 2016

 

 

Publicado noticia Livre: 30 de Junho 2016  -  Alderico Sena 

 

As palavras princípios e valores morais foram jogados na lata de lixo, devido à ambição de poder e de dinheiro do homem. Como disse Rui Barbosa “De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto. ”  Uma lição e exemplo o “LAVA JATO”.

 

Na qualidade de Presidente do Movimento do Aposentado, Pensionista e Idoso do PDT – Partido Democrático Trabalhista, parabenizamos e agradecemos a todos Procuradores, Promotores, Juízes, Policiais Federais, Auditores, enfim toda a equipe de profissionais que combatem à atuação de corruptores e de corruptos na esfera pública.

 

Quando o homem entender que poder, ambição e dinheiro geram corrupção, violência e outras conseqüências graves à Nação, talvez possa entender o que Rui Barbosa escreveu e quis dizer à sociedade, desde aquela época.

A crise de valores éticos, morais e políticos que assola o país são muito importantes para que os eleitores, já nesta próxima eleição repensem a forma comportamental de conceder o seu voto nos candidatos que se propõem a disputar cargos eletivos. Eleitor, seja a mudança, não vote nulo e nem em branco. Busque na internet a história política e profissional dos candidatos antes de conceder o seu voto. Renovar é preciso, CPI do eleitor é o voto consciente. Renovar para mudar o modelo político praticado no País é preciso, para reduzir as desigualdades sociais, o enriquecimento de poucos em detrimento de muitos e o crescimento do País com geração de empregos, trabalho e renda para o povo. São muitos com poucos e poucos com muitos recursos. Cadê a regulamentação do Artigo 153 da Constituição Federal – “Compete à União instituir impostos sobre: Inciso VII – grandes fortunas, nos termos de lei complementar.” Senhor Presidente Michel Temer e Henrique Meirelles, este é um bom momento para regulamentar o Imposto sobre as grandes fortunas, devido à crise que assola o País.

Temos ouvido de pessoas esclarecidas que “Se já não votava mais em político nenhum, agora é que não voto mesmo, depois de tantos escândalos; todos os políticos são iguais”. Mas, discordo, considerando que nem todos os políticos são iguais. O que é preciso é saber separar o “joio do trigo” e votar no caráter, levantando a história política e profissional dos pretensos candidatos e não no ter e promessas de políticos malfeitores. Com a globalização e o avanço tecnológico, o eleitor precisa cooperar com atitude para eliminar a crise moral e política que assola o País.

Quando o eleitor não participa do processo político, acreditando que pode cuidar exclusivamente de seus interesses particulares e que nada tem a ver com isso, esta passando um cheque em branco aos políticos e sendo omisso no exercício de cidadania, esquecendo que o inicio de política começa em casa e na escola. Que falta faz as disciplinas OSPB e Educação Moral e Cívica nas Escolas!

Cidadão internalize no sangue o orgulho de ser brasileiro e procure praticar o bem sem olhar a quem em prol do povo, pelo povo e pelo Brasil, visando à construção de um Brasil melhor para as gerações que virão.

Uma das principais bandeiras que os eleitores devem exigir dos candidatos à Prefeito e a Vereador dos 5.570 municípios brasileiros é um maior orçamento em educação pública e valorização do professor. Quem não passa por um Professor?

Seja a mudança. Hora e vez do eleitor. O momento é de reflexão e atitude de cada eleitor para a transformação do perfil dos políticos brasileiros porque é no Congresso Nacional e demais Casas Legislativas que nascem toda e qualquer decisão política para o crescimento e o desenvolvimento do Brasil. Deveremos exigir também como prioridade a reforma política com financiamento público de campanha como único instrumento de todo e qualquer cidadão ter o direito de ser candidato para ajudar a cresce o seu Município, Estado e Brasil. Só com a participação de todos em igualdade de condições poderemos ajudar a construir um Brasil melhor para as gerações que virão.

 

Alderico Sena – Especialista em Gestão de Pessoas, Presidente Regional/Bahia e Vice- Presidente Nacional do Movimento dos Aposentados, Pensionistas e Idosos do PDT – Partido Democrático Trabalhista

 

Please reload

Alderico Sena

Bahia Noticias - Publicado

Segunda , 18 de Abril de 2016 - 08:08


comentou em: Câmara aprova envio de processo de impeachment de Dilma ao Senado

 

Como cidadão brasileiro, cumpridor dos meus deveres cívicos para com o meu país, fosse bem representado por um Congresso Nacional composto de uma maioria de deputados federais livre e de bons costumes, concordaria com a votação da aprovação do afastamento da Presidente. Infelizmente política virou balcão de negócios. Os interesses pessoais e de grupos estão prevalecendo, em detrimento aos interesses coletivos e do Brasil. Precisamos pensar no destino do Brasil e das futuras gerações. Esperamos que o Senadores façam prevalecer a ética, isenção e a imparcialidade para a ORDEM E PROGRESSO DO BRASIL. De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto. Rui Barbosa
Eleitor em outubro teremos eleição para vereador e Prefeito vamos avaliar o caráter e as referências dos candidatos para melhorar o perfil dos representantes da sociedade. É hora de ação e não de omissão! 

Arquivos Recentes
Please reload

Arquivos
Please reload

Siga minha Página abaixo: