Reajuste do Aposentado é Inquestiável

Publicado - www.noticialivre.com

A aprovação da Medida Provisória 672/15 na Câmara dos Deputados que estende os aumentos do salário mínimo aos demais benefícios da Previdência Social (aposentadorias e pensões) é inquestionável. Critico a postura do Presidente da Câmara Eduardo Cunha e diz que o aposentado não é o responsável pelos desmandos praticados contra a Previdência Social.

A Medida Provisória aprovada mantém a fórmula atual de reajuste do salário mínimo, que é baseado na variação da inflação no ano anterior e na taxa de crescimento real do Produto Interno Bruto (PIB). Sena disse que é preciso bom senso com aqueles que lutaram, trabalharam e contribuíram para o crescimento do Brasil ao longo desses anos.

Sena disse rebatendo o Presidente da Câmara, Eduardo Cunha que o Brasil não poderá ser amanhã uma Grécia porque a Previdência Social não é deficitária, basta que o Governo cubra o que devem a Previdência Social das Instituições Filantrópicas, Igrejas, Prefeituras, Clubes de Futebol, Empresas, dentre outras, inclusive leiloando o número de bens patrimoniais espalhados pelo Brasil para o fortalecimento de caixa.

Outra questão importante que Alderico Sena aborda, comprovando que a Previdência Social não é deficitária e sim mal gerida. Cadê à auditória para apurar os créditos a receber, concernente aos empréstimos efetuados pela Previdência Social para a construção de Brasília, Itaipu, Ponte Rio Niterói, dentre outras obras no Brasil.

Alderico Sena disse que fase a escassez de liderança política no Brasil, defendemos o retorno do aposentado a política para a proteção dos direitos da categoria nas Casas Legislativas. Com o poder de força do aposentado no Brasil a categoria poderá ter representação política nos 26 estados e no Distrito Federal. Bastando apenas unidade e a cooperação de todos para eleger um Deputado Federal por estado para ter uma bancada de 27 cadeiras com voz e voto no Congresso Nacional. No Brasil são 31 milhões X quatro votos = 124 milhões, na Bahia 3 milhões X quatro = 12 milhões e na Cidade do Salvador 1.8 milhões X 4 na família representam 7,2 milhões de votos. No entanto é preciso apenas consciência política, exercício de cidadania.

Alderico Sena afirma e defende com firmeza que o aposentado na política é uma boa alternativa para conter a corrupção e a moralização do Sistema político brasileiro.

ALDERICO SENA, ALDERICOSENA@HOTMAIL.COM – Presidente Estadual e vice-presidente nacional do Movimento dos Aposentados, Pensionistas e Idosos do PDT – Partido Democrático Trabalhista

Arquivos Recentes