Responsabilidade e Consciência Política é Preciso

Publicado: www.noticialivre.com

O Brasil é um país de dimensão continental, com uma biodiversidade fantástica, 5º tamanho territorial, referência da agricultura e pecuária, enfim, somos uma nação de destaque no cenário mundial. Mas o que está faltando para nos tornarmos uma potência mundial? A resposta para essas indagações está na política.

Infelizmente, vivemos em um país que a classe política, na sua maioria, não dá prioridade para as questões sociais de seu povo. É nítida, a falta de respeito de alguns governantes que agem contra o povo e o país.

Corrupção de todas as maneiras, desvios de verbas públicas que poderiam ser destinadas para a saúde, segurança, moradia, lazer, transporte, educação e em benefício dos aposentados, que cumpriram o seu dever com o País.

Muitos candidatos entram na política para se beneficiar e nem pensam na população. Os direitos dos cidadãos ficam de lado e somente os interesses particulares prevalecem. Por que pessoas milionárias disputam uma eleição, conforme lista publicada na mídia? Mas a população brasileira não busca melhorias, de certa forma, são poucos os que reivindicam seus direitos e que lutam para tornar um país melhor. A sociedade é omissa com a situação existentes no país.

Infelizmente, comandar um país com pouca instrução de parte da população, é muito audacioso para os políticos, governar uma população que não cobra seus direitos é fácil demais. Temos muito que aprender, e reivindicar as melhorias sociais tão precárias no país.

O voto é a principal ferramenta para mudarmos as questões políticas no nosso território. Os governantes devem fielmente, buscar caminhos para educar/formar as nossas crianças e jovens. Mas, será que querem de verdade pessoas conscientes e críticas em sociedade? Que saudade faz as disciplinas - OSPB – Organização Social e Política Brasileira e Educação Moral e Cívica no ensino. Só se muda um país, através da educação de seu povo.

Estamos necessitando de reformas urgentes, inclusive a moral. Cabe ao cidadão, primeiro conhecer seus deveres para depois cobrar dos governantes os seus direitos. Governar significa cuidar e manter o bem-estar social de sua população e não praticar roubos e desvios, como vem acontecendo em nosso país. Na revisão Constitucional que já deveria ter ocorrido, desviar recurso publico deve ser considerado CRIME HEDIONDO DOA A QUEM DOER para o bem da Nação.

Toda pessoa, consciente de sua respectiva legitimidade social e do sentido da cidadania, é um ser político por natureza. Justamente por isso, é impossível dissociar a política da vida humana.

Responsabilidade e consciência política compreende-se a pessoa capaz de desempenhar sua cidadania de modo livre, sem condicionamentos previdentes ou mercantis. Trata-se do indivíduo que não coloca os interesses pessoais acima dos interesses da coletividade. Sabemos bem que “todo o poder emana do povo, muito embora pouco dele em seu nome seja exercido”. Assim sendo, saibamos valorizar o nosso voto como um ato lícito. Não permita a venda, troca e muito menos a corrupção do ato de votar. Sejamos honestos conosco mesma para elegermos pessoas corretas e íntegras.

Eleitor tudo depende de nós e não de eu, “O individualismo é que gera o egoísmo, raiz de todos os males” Dom Helder Câmara. Poderemos sim ajudar a construir um Brasil melhor para as futuras gerações com educação, saúde, segurança, dentre outros serviços públicos de qualidade, desde quando saibamos exercer o voto com responsabilidade e consciência política na escolha do caráter do candidato, considerando que toda e qualquer decisão é política.

Eleitor, não pergunte o que o Brasil pode lhe oferecer, pergunte a você mesmo como cidadão, o que você pode oferecer ao Brasil exercendo sua cidadania com responsabilidade e consciência política ao conceder o voto na urna no dia 26 de Outubro de 2014.

Sociedade ou acabamos de uma vez com os corruptores e os corruptos ou serão eles que acabarão com a sociedade. É hora de ação e não de omissão! Lembrando a todos que quem não gosta de política é governando por quem gosta, considerando que toda e qualquer decisão é política, votada e aprovada no Poder Legislativo e sancionada pelo Poder Executivo.

“O analfabeto político é tão burro que se orgulha e estufa o peito dizendo que odeia a política. Não sabe o imbecil que, da sua ignorância política nasce o político vigarista, pilantra, corrupto e lacaio das empresas nacionais e internacionais” Bertold Brecht.

O MAPI - Movimento do Aposentado do PDT/BAHIA convoca todo aposentado e família para defenderem, a partir de 2015 uma Reforma Política já com critérios pré-estabelecidos pela sociedade organizada, visando à construção de um Brasil melhor para as gerações que virão.

BRASILEIROS DE MÃOS DADAS, TODOS AJUDARÃO O BRASIL CRESCER. Responsabilidade e consciência política é preciso.

ALDERICO SENA – ESPECIALISTA EM GESTÂO DE PESSOAS, VICE-PRESIDENTE DO PDT DE SALVADOR, PRESIDENTE DO MOVIMENTO DO APOSENTADO DO PDT/BAHIA E VICE-PRESIDENTE NACIONAL DO MAPI/PDT – PARTIDO DEMOCRÁTICO TRABALHISTA

Arquivos Recentes