Cidadania e participação

Cidadania e participação

PÚBLICADO Jornal A TARDE, edição 12/01/13

A participação da sociedade é fundamental. Descentralizar é fazer com que muitos participem. Para que haja um desenvolvimento democrático, a palavra-chave chama-se “participação”. Dentro de uma perspectiva humanista e não totalitária, o Estado é “meio” a serviço das pessoas e do bem comum e não “fim” em si mesmo ou entidade superior aos direitos fundamentais do homem e da sociedade, hoje expressamente reconhecidos no documento mais importante do Século XX, que é a Declaração Universal dos Direitos Humanos. A partir desses valores, parecem-nos necessárias algumas reformas e medidas fundamentais: reformas política, previdenciária, dentre outras.

ALDERICO SENA –ALDERICOSENA@HOTMAIL.COM

Arquivos Recentes