A desestruturação famíliar e educacional JORNAL A TARDE

A desestruturação familiar e educacional tem levado o jovem a adotar um comportamento extremo o que tem levado a um novo modelo de relações entre pais e filhos. Resgatar a essência familiar é um dever cívico de todo cidadão, considerando que a falta de afeto no seio familiar tem contribuído e muito para a baixa autoestima dos jovens, causando em primeira instância a automutilação, isolamento, ingresso com drogas e até ao suicídio. Filhos são referências e exemplos da educação e dignidade dos pais. É vergonhoso como o desrespeito já começa em casa e reflete na escola. As crianças não respeitam mais professores não por culpa deles, mas sim, por culpa de muitos pais que não colocam a questão da

Artigos Recentes:
Categorias:
Arquivos:
Pagina do Facebook:
  • Facebook Basic Square
Contate-nos